PROJETO CRIAR

SOBRE O PROJETO CRIAR

O Instituto ISEC, de acordo com seu estatuto onde está evidenciado no capítulo II artigo 2º que trata dos objetivos, finalidades e duração, explicita suas atividades e uais são dirigidas à promoção do atendimento à família, à criança, ao adolescente, ao idoso e a pessoas com deficiência, onde visa interagir junto às comunidades organizadas, como instrumento de transformação de ação promovendo o bem – estar da comunidade do ponto de vista político educativo, cultural, esportivo e social e ao desenvolvimento de projetos e capacitação voltada para o mercado de trabalho , implantou o seu Projeto Social : CRIAR – Transformando Vidas , no bairro Vicente Fialho, nas dependências do Centro Comunitário Nossa Senhora da Conceição .Tendo iniciado suas atividades no mês de março de 2018 e o prosseguindo no exercício de 2019.

essbloc

NOSSOS NÚMEROS E RESULTADOS

O projeto beneficia 30 (trinta ) famílias (crianças e adolescentes de 05 a 12 anos ) e as mães deles. As atividades são desenvolvidas aos sábados a cada 15 dias do mês, horário de 8h às 12h e foram divididas em três eixos metodológicos: o Eixo Arte (lúdico pedagógico), o Eixo Incentivo à Leitura e o Eixo Práticas Esportivas. Vidas , no bairro Vicente Fialho, nas dependências do Centro Comunitário Nossa Senhora da Conceição.Tendo iniciado suas atividades no mês de março de 2018 e o prosseguindo no exercício de 2019.

Este eixos são sustentados em uma proposta pedagógica implementada por profissionais, entre eles: educadores e monitores, que atuam nas oficinas de acordo com sua área de formação.

OBJETIVOS DO PROJETO CRIAR

GERAL – Desenvolver atividades artísticas, de leitura e práticas esportivas com crianças e pré-adolescentes de 05 a 12 anos e mães dos mesmos, visando promover o exercício da cidadania, da cooperação, inclusão social, fortalecimento de vínculos e resgate dos valores éticos e morais.

essbloc
blocoh
ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO PROJETO

1 – Oficina de Arte;

2 – Oficina de leitura;

3 – Oficina de esporte;

4 – Oficinas de lazer;

5 – Palestras Educativas

blocoh2

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1 – Inserir crianças e pré-adolescentes (05 a 12 anos) e mães destes de acordo com as atividades artísticas, pedagógicas e culturais realizadas pelo Projeto Social;

2 – Associar um tema transversal às atividades para trabalhar o processo de sociabilização e socialização dos participantes do Projeto Social;

3 – Aplicar atividades que fortaleçam os vínculos e a construção da consciência cidadã e do papel social dos participantes;

4 – Construir uma rede de parceria que possibilite a sustentabilidade do projeto.

5 – Trabalhar a timidez, nervosismo e outras possíveis dificuldades dos participantes, tornando-os mais confiantes para a realização das atividades da oficina, da vida individual e social;

6 – Proporcionar o desenvolvimento do pensamento crítico e artístico dos participantes através de discussões e atividades realizadas durante as oficinas;

7 – Estimular as relações sociais através das oficinas visando incentivar uma interação harmoniosa e saudável entre os mesmos;

8 – Executar jogos lúdicos e dramáticos individuais e coletivos para obtenção da consciência vocal e corporal.

“O Isec é representado pelo seu Presidente, eleito em Assembleia Geral, perante quaisquer repartições públicas ou particulares, em juízo ou fora dele.”

PÚBLICO ALVO

Crianças e pré-adolescentes filhos (as) de moradoras do bairro Vicente Fialho e entorno que possuam idade entre 05 a 12 anos de idade em situação de vulnerabilidade social.

META

Para melhor desenvolvimento das ações e aprendizagem dos participantes, o projeto beneficia 30 (trinta) famílias – crianças e adolescentes e suas mães moradoras do bairro Vicente Fialho e entorno, à rua Laerte Santos bairro Vicente Fialho (antigo Centro de Referência Social-CRAS ), São Luís – Ma

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO

1) Famílias residentes no bairro Vicente Fialho e entorno.

2) Ter cadastro da família aprovado pela coordenação do projeto.

3) Famílias com baixo poder aquisitivo.

4) Crianças e pré-adolescentes na faixa etária de 05 a 12 anos ( cada família
poderá cadastrar até 02 (dois) membros da mesma no projeto.

PÚBLICO ALVO

As atividades são ministradas aos sábados a cada 15 dias do mês no horário de 8h às 11h30, nas salas do Centro Pastoral Eclesial Nossa Senhora da Conceição, por profissionais formados em sua área de atuação ou que comprove experiência. As atividades são norteadas por um tema transversal que permitirá o fomento do processo de sociabilização e socialização dos participantes do Projeto Social. Para realização das oficinas são selecionados locais e materiais de acordo com as necessidades das oficinas.
Estas são divulgadas durante a semana através de cartazes e no inicio do mês através de um fliêr com o calendário das atividades, os quais tem as seguintes informações:

HORÁRIO E LOCAIS DAS OFICINAS

Os responsáveis das crianças e adolescentes fazem o cadastro dos mesmos no Centro Pastoral, para isso há uma reunião com eles e a coordenação do projeto para que haja explicação sobre o desenvolvimento e normas do projeto.

A metodologia das oficinas ocorre da seguinte maneira: No primeiro momento tem a apresentação da equipe de educadores, monitores e coordenação do projeto. Em seguida há uma explanação sobre o tema transversal, serve-se um prélanche, normalmente uma fruta e em seguida inicia-se a aplicação das atividades propostas para o dia. Cada oficina deverá demonstrar um resultado final.

EQUIPE DE TALENTOS HUMANOS ENVOLVIDOS

A equipe de talentos humanos envolvida no projeto são os técnicos do Instituto ISEC e os voluntários que abraçam a causa social, a pastoral Social da Paróquia Santo Antônio de Pádua e pessoas da comunidade Vicente Fialho engajadas nos movimentos sociais.

ORGANIZAÇÕES PARCEIRAS

O Instituto ISEC e sua equipe se articulam através de parcerias com as comunidades locais organizadas, igreja, grupos religiosos, associações, famílias das crianças /adolescentes participante do projeto e empresas parceiras. Estamos sempre abertos a novas parcerias e voluntários para atuar conosco nesse importante trabalho.

A transversalidade dos temas das oficinas reúne um conjunto de assuntos que se constituem na necessidade de um trabalho mais significativo e expressivo de temáticas sociais, elegendo-se aquelas que se relacionam à urgência social, a abrangência nacional, à possibilidade de ensino e aprendizagem durante a execução das oficinas artísticas, de leitura e práticas esportivas. São temas que envolvem um aprender sobre a realidade, preocupando-se também em interferir na vida cotidiana para transformá-la, a exemplo de: Regras de Conduta; Meio Ambiente e preservação da natureza; Esportes; Educação no Trânsito; Alimentação; Comemoração do dia das mães, das crianças; Artes e Comemoração Natalina.

Vídeo institucional